Notícias

Prefeitura capacita profissionais de transporte escolar para atender pessoas com deficiência

15/01/2024 - 07:45

A Prefeitura de Guarulhos promoveu nesta quinta-feira (11) uma formação para cerca de 30 condutores e monitores do transporte escolar sobre o atendimento de pessoas com deficiência na sede da Secretaria de Acessibilidade e Inclusão (SAI), no Macedo. Estão previstas mais duas turmas com 30 alunos: nesta sexta-feira (12) e na terça-feira (16). Ainda há dez vagas para o grupo do dia 16 e os interessados devem se inscrever pelo telefone (11) 2414-3685. É ofertado certificado de conclusão.

A iniciativa da SAI, integrante da Secretaria de Direitos Humanos de Guarulhos, é gratuita e visa a sensibilizar e compartilhar técnicas e abordagens para o transporte seguro dos alunos. A capacitação é uma exigência aos profissionais da área ou aos que desejam ingressar prevista pela lei municipal 6.768/2010.

Condutora do transporte escolar desde agosto do ano passado, Pâmela Cristina Soares de Jesus, de 37 anos, também dirige uma ambulância particular nos fins de semana e feriados. “Gostei bastante desse curso porque me atualizou e complementou meus conhecimentos. Além disso, a caminhada com olhos vendados faz a gente viver a dificuldade do aluno com deficiência”, disse a moradora do Jardim Ponte Alta, que atuava antes como monitora de transporte escolar.

Aposentado como motorista de transporte escolar, Ednaldo Florêncio da Silva, de 66 anos, pretende retornar ao mercado de trabalho e aprovou a formação. “A aula é excelente. É uma experiência que nunca tive e um aprendizado bom que vou levar para o resto da vida. Aqui conhecemos como dar o tratamento certo para a pessoa com deficiência, sempre com atenção e cuidado”, contou Silva, que é pai de três filhos, sendo uma deficiente, e vive no Conjunto Marcos Freire.

 

A capacitação

 

A formação tem duração de quatro horas e inclui aula teórica abordando assuntos como os diversos conceitos e tipos de deficiência, como agir dentro da van escolar, formas de abordagem, terminologia correta, estudo de casos no transporte escolar, segurança no transporte escolar, serviços oferecidos pela pasta e direitos da pessoa com deficiência.

Durante a aula os participantes realizam também uma vivência de empatia na qual caminham vendados com a ajuda de uma pessoa no entorno da subsecretaria, cujo trajeto possui obstáculos enfrentados cotidianamente pelas pessoas com deficiência como degraus, postes e árvores.

 

Imagens: Malu de Arruda/PMG

Portal Direitos Humanos Newsletter

Mantenha-se informado sobre as nossas novidades!

Subscrever 3º Fórum Direitos Humanos feed